Palavras emprestadas

Citações. Pra posteridade.

“O amor não é um jogo, mas sim um romance. É melhor colocar o ponto final em um para fazer outro. Estou quase lá.”

—   Ricardo Lísias - Divórcio

“Eu nunca encarei a morte como uma possibilidade. Não que fosse apegado a nada de especial na vida, mas é que a morte não existe. A morte é uma doença crônica.”

—   Fernanda Torres - Fim

“Você se cansa, Ed Tom. Durante todo o tempo em que fica tentando recuperar o que tiraram de você há mais coisas saindo pela porta. Depois de um tempo você apenas tenta colocar um torniquete. […] Seja como for, você nunca sabe de que azar ainda maior sua falta de sorte te poupou. Eu era jovem demais para uma guerra e velho demais para a outra. Mas vi os resultados. Você pode ser patriota e mesmo assim acreditar que algumas coisas custam mais do que valem. […] Você sempre paga um preço alto demais. Particularmente pelas promessas. Não existe algo como um toma-lá-dá-cá. Você vai ver. Talvez já tenha visto.”

—   Cormac McCarthy - Onde os velhos não têm vez

“Deus sabe porque faz as pessoas serem como são, diferentes numas coisas, mas iguais em quase tudo.”

—   Rubem Fonseca - A escolha)

“Você está tão ocupada sendo você mesma que não faz ideia de quão absolutamente sem igual você é.”

—   John Green - A culpa é das estrelas

“Por isso é preciso morrer: um homem que já morreu não pode ser atingido por um mundo que não é mais o seu.”

—   Francisco Bosco - Alta ajuda

“- Ah, Lucrécia?
- Pois não.
- Não é você que me demite. Sou eu que te condeno a ficar.”

—   Juliana Frank - Meu coração de pedra-pomes